Contatos de 4º Grau

Nunca vi os “Contatos Imediatos de Terceiro Grau” pelo mesmo motivo que não vi “Poltergeist”, sou medrosa e filmes de suspense, esses que te pegam pela sugestão e não pelo explícito, me pertubam de verdade. Porém, movida pelo meu impulso cinéfilo sempre acabo vendo eles e ficando uma semana sem dormir.

Acontece que fui ver “Contatos de 4º Grau” sem saber do que se tratava, nem o trailer de cinema tinha visto. Só tinha noção do seguinte: contato de 1º grau é quando se vê um ovni, de 2º grau é quando  há contato com os ovnis e eles deixam rastro (círculos em plantações, por exemplo), 3º grau é quando há comunicação de alguma forma com os extraterrestres  e o de 4º grau é quando ocorre a abdução. (Se eu estiver errada, por favor, me corrijam)

O filme começa com a Mila Jovovich se apresentando e falando que o filme foi baseado em uma história verídica e que caberia ao espectador decidir no que ele acreditaria. Nesse primeiro momento, a gente acredita e se deixa levar pela história, mesmo ela sendo incrivelmente lenta. Dr. Abigail Tyler é uma psicóloga que acabou de perder o marido em circunstâncias suspeitas. (Nesse momento juro que achei que a Abigail matou o marido por ele ter se transformado em um zumbi ou algo assim, afinal, faz tempo que não vejo a Mila Jovovich em papéis sem chutes e armas). Ela mora com os dois filhos em uma cidade isolada no Alaska, onde só é possível chegar de avião. O filme é narrado pela Abigail real, em uma entrevista, e o contraste físico entre a real e a ficticial é grande, já que a Abigail da entrevista é uma baranga assustadora e a Mila Jovovich é um pitéu. Os eventos também são reais, gravados por uma câmera amadora. E assim, nesse jogo de comparações a trama se desenrola. Vários paciente de Abigail estão sofrendo de insônia, acordam as 3h da manhã e veem uma coruja na janela. Sob hipnose eles percebem que não era uma coruja, mas algo assustador e indescritível, que em momento nenhum é mostrado no filme, apenas sugerido. As descobertas da professora envolvem desde ovnis até os sumérios, e a possibilidade de tudo que aconteceu ser real – pois a validação do terror é pelas câmeras amadoras – é no mínimo pertubador, e o grande trunfo do filme.

(Se você quiser ver o filme não leia o próximo parágrafo)

O fato é que apesar de tudo, eu acreditei. Ou, como diria o Mulder, eu quis acreditar. Porém, senti meu medo incrivelmente traído quando fui procurar informações sobre o filme e descobri que a personagem da Mila Jovovovich é ficticia, e, por consequência, os vídeos assustadores também.

http://www.thefourthkind.net/

Anúncios

Sobre havalina
"I've been creeping round this town because... Well, creeping's just my way"

One Response to Contatos de 4º Grau

  1. Anjinho says:

    eu imagino a coruja do 4chan virando para a pessoa em transe falando que nao eh uma coruja e sim ALIENS .. OH RLY!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: